História/Sétima arte

Parabéns Olympia – 100 Anos de Vida

Inaugurado em 24 de abril de 1912, contendo 400 poltronas, 10 ventiladores, 6 portas, 14 janelas abertas em duas faces laterais do prédio. Localizando-se na Avenida Presidente Vargas, fruto do Governo de Antônio Lemos.
Durante esse período, Belém gozava de grande riqueza econômica, mantido pelo auge da exportação da borracha. Em pouco tempo, podiam se ver, no circuito do Olympia filmes internacionais que marcaram a história do cinema.
Sem Título-1
O Olympia foi a primeira casa de luxo paraense a exibir filmes. Belém já contava com várias salas de cinemas espalhadas pela cidade, mas nenhuma delas simbolizava sofisticação que acomodasse a burguesia da época.
 Tudo começou através do Cinema Mudo, sendo a única sala de projeção em que ao entrar você se deparava com as pessoas olhando para você, já que antigamente a bilheteria ocorria dentro dela. Contavam  com duas orquestras, nas quais eram executados números musicais tanto na sala de espera (no centro da sala), quanto na sala de projeção (localizando se atrás da tela) que acompanhavam a trilha do filme que estava sendo projetado.
olympia8Seus detalhes arquitetônicos impressionavam os frequentadores, muito influenciada pela Art Nouveau. Um movimento que teve seu início na Inglaterra em 1880 por William Morris e Arthur Heygate Mackmurdo, artistas que atuavam nas indústrias tipográficas e têxteis. Como sua tradução já diz é a arte nova que se voltava para a originalidade da forma, na época ficou conhecida por ter uma tendência inovadora na sua arquitetura, rejeitava as formas meramente funcionais envolvidas em todos os objetos decorativos tendo origem da produção em massa e aderindo às formas sinuosas, curvilíneas. Em destaque ficavam suas formas inspiradas em folhagens, flores, labaredas e entre outros.
Gosto de ter essa imagem do Olympia, mesmo não tendo nascido nessa época. Lugar tão ex uberante quanto o Teatro da Paz, quando ir ao cinema se tornava um programa tão importante quanto ir a uma ópera. Imaginar um filme mudo sendo orquestrado na sessão me vem um arrepio, encantamento, visualizo um momento mágico, uma sensação de sentimentos se misturando, a arte ganhando vida, um sopro de felicidade trasbordando no coração das pessoas.
 Em 1960 sua arquitetônica foi quase toda modificada, optaram por uma nova roupagem, para torná-lo mais moderno. A partir daí ele ficou irreconhecível, perdendo o glamour que o comparava com as grandes estruturas da cidade, sendo reconhecido apenas por seu valor social. O Cinema Olympia é considerado um patrimônio material, caracterizado como um bem imóvel por tratar-se de um tipo de edificação. Reconhecido internacionalmente por ser o cinema mais antigo do Brasil em funcionamento, título esse que se mantém pelo fato de não ter mudado de nome e muito menos de local. Carregando memórias ao longo desses anos.
Em 2006 sofreu a ameaça de fechar suas portas, ocasionando comoção, decorrente uma mobilização entre as pessoas que se indignaram com tal notícia. A Prefeitura de Belém se manifestou atendendo a solicitação do público, então um acordo com Luiz Severiano Ribeiro Neto, diretor do grupo nacional Severiano Ribeiro, que administrava o Olympia, para que o cinema se transformasse em um espaço municipal cultural com o compromisso de dar ao público o acesso à produção cinematográfica local, regional, nacional e mundial.
Olympia (1)

O Olympia criou gerações. Fez rir, chorar, assustou, arrancou aplausos, embalou relacionamentos e então um século se passou. Sofreu transformações como cada um de nós, é nossa referência de cinema de rua, pois é o único que sobreviveu. Faz parte da história do público paraense, uma caixa de memórias e um orgulho para aqueles que dele guardam lembranças afetuosas.
O cinema transforma, constrói sonhos, engrandece o homem, alimenta a alma. O Olympia é um doce refugio que ao apagar das luzes nos faz viajar. Ele vive em nós e que perdure por muitos outros tantos séculos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s